Comments

Você sabe diferenciar realidade aumentada de realidade virtual? Entenda aqui

A realidade aumentada (AR ou Augmented Reality) e a realidade virtual (VR ou Virtual Reality) são termos muito comentados, mas também muito confundidos entre si. Ambos fazem parte das grandes tendências tecnológicas dos últimos anos, pois prometem novas maneiras de se comunicar, navegar e jogar.

Apesar de possuírem alguns pontos semelhantes, as duas tecnologias são diferentes. Por isso, é importante entender exatamente o que é cada uma, seus objetivos e suas características. 

Foi pensando nisso que nós decidimos fazer este texto. Então, fique até o final para compreender tudo, e tenha uma boa leitura!

O que é a realidade aumentada?

A realidade aumentada leva em conta o mundo real. Basicamente, ao usar a realidade aumentada, você consegue ver um ambiente real, mas com elementos e gráficos virtuais sobrepostos a ele. É por isso que ela é chamada de “aumentada”. Você mantém a base real, mas adiciona imagens virtuais por cima. 

Existem dois exemplos muito famosos de realidade aumentada: o jogo Pokémon Go e os filtros do Instagram ou Snapchat. No primeiro caso, a câmera mostra o seu ambiente real, mas coloca os monstrinhos de bolso no seu local para que você os capture, ou seja, une o real com o virtual. Com relação aos filtros, você observa o seu rosto real, mas com efeitos que o sobrepõem. Agora ficou mais fácil de entender, certo?

O que é a realidade virtual?

Diferentemente da realidade aumentada, a VR é totalmente sobre o mundo digital. Em vez de manter o ambiente real, a realidade virtual constrói um mundo totalmente novo diante de seus olhos. 

Todos os elementos e sons ao redor da pessoa que está utilizando a realidade virtual são substituídos por informações virtuais, criadas por computador. Logicamente, este ambiente virtual pode ser parecido com o real, mas isso não o faz ter algum pé na realidade.

Enquanto a AR é transmitida em 3D, a realidade virtual pode envolvê-lo em 360º, gerando uma imersão maior. Em alguns casos, você pode andar pelo ambiente virtual e interagir com os elementos através de dispositivos nas mãos. 

Com a VR, é possível criar mundos completamente originais, mágicos, fantásticos e surreais. Inclusive, muitos jogos já a utilizam para que seus jogadores tenham uma experiência completa. Imagine um jogo de terror totalmente imerso em uma situação desesperadora. É algo capaz de causar emoções bem reais nas pessoas.

Conseguiu compreender a diferença entre as duas realidades? De forma resumida, a AR é a mistura do ambiente real com elementos virtuais, enquanto a VR é um ambiente totalmente virtual. 

Qual dos dois mais chama a sua atenção? Você já experimentou alguma delas? Deixe nos comentários e não esqueça de conferir outros conteúdos aqui no blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://coopersystem.com.br/wp-content/uploads/2022/02/stephan-sorkin-NN9HQkDgguc-unsplash.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 300px;}
pt_BR
en_US es_ES pt_BR