Comments

Gestão de ativos dentro da TI: o que é importante saber?

gestao-de-ativos-dentro-da-ti-o-que-e-importante-saber

Considerada uma boa prática para diversas empresas, principalmente empresas de tecnologia, a gestão de ativos de TI é uma maneira bem eficiente para reduzir os custos e aumentar a produtividade das organizações. Ao longo do conteúdo de hoje vamos explicar pontos que você deve saber sobre o assunto. Acompanhe!

Afinal, o que é a gestão de ativos dentro da TI?

É considerado como um ativo dentro de uma empresa de tecnologia certos itens virtuais e físicos que compõem uma rede de uma organização. Ou seja, o conceito de gestão de ativos de TI engloba os recursos tangíveis e os intangíveis.

Para você entender melhor, veja alguns exemplos do que são considerados como recursos:

  • Sistemas operacionais, como o Windows, Linux ou macOS;
  • Softwares instalados;
  • Componentes diversos do computador;
  • Dispositivos de armazenamento móvel, como HD externo;
  • Impressoras;
  • Equipamentos diversos, como switches e servidores.

Quais são os principais benefícios da gestão de ativos de TI?

A prática da gestão de ativos de TI pode proporcionar uma série de benefícios, como o aumento da segurança e a conformidade da empresa em relação às suas obrigações. Além disso, ela também é útil para prever necessidades futuras e fazer com que a empresa consiga se antecipar em cada uma delas.

Pontos que devem ser destacados

Além de tudo o que já conversamos até aqui, é importante levar em consideração outros fatores, como:

  • Com a gestão de ativos de TI é possível diminuir uma série de custos empresariais, como diminuição do potencial de custos de programas inesperados e eliminação de licenças de softwares subutilizados;
  • Ela ajuda a utilizar soluções práticas, baratas e escaláveis;
  • Pode permitir que a empresa monitore em tempo real o parque de TI, o que facilita que o negócio consiga detectar qualquer alteração;
  • Também é considerada essencial para proteger a rede corporativa de ataques e ameaças à segurança, de modo geral. Além do mais, ela permite que a organização consiga verificar a instalação de agentes considerados malignos;
  • Permite medidas preventivas e diminui as chances de deixar o negócio sujeito a riscos, diminuindo assim os desperdícios;
  • Pode ser considerada um grande diferencial em relação à concorrência.

 

Esperamos que no conteúdo de hoje você tenha entendido os pontos relevantes sobre a gestão de ativos de TI. Para ler outros materiais relevantes e informativos, siga acompanhando as atualizações do Blog da Coopersystem. Até o próximo conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://coopersystem.com.br/wp-content/uploads/2020/05/gestao-de-ativos-dentro-da-ti-o-que-e-importante-saber.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 300px;}
pt_BR
en_US es_ES pt_BR