Comentarios

Privacidade de dados: o que fazer para se manter seguro no mundo digital

Nos últimos anos, as questões relacionadas à privacidade de dados estão sendo muito discutidas e questionadas. Isso vem crescendo desde as eleições presidenciais norte-americanas de 2016, onde foi provado como o Facebook utilizou dados pessoais para fazer propaganda eleitoral direcionada.

No Brasil, o assunto ganhou nova força com a Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/2018). O portal do Ministério Público Federal diz o seguinte sobre a lei:

“A Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/2018) tem como principal objetivo proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural. Também tem como foco a criação de um cenário de segurança jurídica, com a padronização de regulamentos e práticas para promover a proteção aos dados pessoais de todo cidadão que esteja no Brasil, de acordo com os parâmetros internacionais existentes.”

Apesar dessa segurança, nós ainda tivemos momentos bem tensos com relação à privacidade de dados. Afinal, em 2021, o país sofreu com grandes vazamentos de dados e invasões a diversas instituições, inclusive ao próprio Ministério da Saúde.

Dessa forma, nós decidimos fazer este texto para que você saiba o que fazer para se manter seguro no mundo digital. Então, leia tudo até o final para não se arriscar!

Veja a seguir 5 formas de garantir a sua privacidade de dados

Na lista que preparamos, nós excluímos algumas das formas mais básicas e conhecidas de proteção, como antivírus, firewall, etc. Preferimos focar em métodos mais práticos e modernos. Confira:

1- Use a autenticação de dois fatores

Usar uma autenticação de dois fatores é como redobrar as barreiras entre seus dados e os hackers. Em vez de contar apenas com uma senha, o sistema passa a exigir mais uma forma extra de verificação. Por exemplo, uma confirmação de código por mensagem de texto no celular cadastrado.

Praticamente todos os servidores de e-mail já contam com essa funcionalidade. Portanto, se você ainda não ativou a sua autenticação de dois fatores, faça isso o quanto antes.

2- Tenha um VPN

Os VPNs são considerados como uma das formas mais seguras de proteger seus dados, agindo como uma blindagem virtual. Basicamente, eles têm como função substituir o seu endereço de IP por um do provedor VPN, o que bloqueia o acesso de hackers aos seus dados.

É possível instalar um VPN através de programas e aplicativos. Além disso, a variedade de dispositivos que o aceitam é enorme, como computadores, smart TVs, smartphones, entre outros.

3- Utilize um app para gerenciar suas senhas

Assim como a autenticação com dois fatores é importante, você também deve pensar bem nas palavras usadas nas senhas. Primeiramente, certifique-se de que cada senha é diferente uma da outra. Em segundo lugar, crie combinações de letras, números e símbolos que sejam complexas e variadas.

Apesar de esse método ser ótimo para assegurar a privacidade de dados, é bem difícil se lembrar de todas essas senhas complicadas. Por isso, a maior indicação é utilizar um aplicativo que lhe ajude a gerenciar as senhas nos dispositivos diversos, como é o caso do LastPass.

4- Não deixe as atualizações para depois

Sabe quando sobe aquela mensagem de atualização do sistema ou dispositivo? Nós sabemos que é tentador deixar para depois, já que atualizações costumam levar tempo e acabam atrapalhando nossas atividades. Contudo, não demore muito para aplicá-las!

Geralmente, essas atualizações existem para corrigir erros de vulnerabilidade e segurança do sistema. Portanto, deixá-las para depois pode significar expor os seus dados a possíveis invasões e ataques.

5- Tome cuidado com wi-fi público

Quem nunca aproveitou um wi-fi público, certo? Pode ser algo realmente positivo, mas ao mesmo tempo esse ato deixa o seu dispositivo vulnerável aos invasores. Afinal, é bem mais fácil para eles invadirem um aparelho que já utilizou internet compartilhada. 

Sendo assim, prefira usar o seu 4G ou um roteador particular para evitar que usuários maliciosos no wi-fi público possam comprometer sua segurança.

Você conhecia esses métodos para garantir a sua privacidade de dados? Já teve uma experiência ruim com relação ao vazamento de dados? Conte tudo!

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://coopersystem.com.br/wp-content/uploads/2016/07/pexels-photo-24464-1.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 300px;}
es_ES
en_US pt_BR es_ES