Comentarios

Google Chrome vs Mozilla Firefox: vantagens e desvantagens de cada um

Você precisa realizar uma atividade específica ou está querendo descobrir de uma vez por todas qual é o melhor navegador, para poder utilizá-lo prioritariamente? De qualquer jeito, seu lugar é aqui!

Hoje nós iremos falar um pouco da história dos dois navegadores e depois apontaremos as principais vantagens e desvantagens de cada um. É a sua chance de parar com a confusão de usar vários navegadores, sem saber em qual deles salvou tal link ou colocou tal página como favorita.

Vamos lá? Boa leitura!

 

Um breve histórico do Google Chrome e Mozilla Firefox

O Google Chrome foi lançado oficialmente em 2008 e tinha como proposta inicial trazer um design mais minimalista para os dispositivos Windows. Nos dias de hoje, ele está disponível em mais de 50 idiomas para dispositivos variados.

Inicialmente, o Chrome sofreu com a competição, já que ele chegou depois de outros grandes navegadores. Mesmo assim, por ter uma simples interface e um bom garoto propaganda, chamado Google, trata-se hoje do navegador mais utilizado no mundo.

O Mozilla Firefox, por outro lado, foi lançado em 2004. No primeiro ano de lançamento, o browser já conseguiu atingir a marca de 100 milhões de downloads. Graças a isso, o Firefox se transformou no software de código aberto mais utilizado por usuários domésticos.

A Mozilla Foundation tinha como objetivo oferecer um navegador intuitivo, seguro e leve. A questão da segurança é até hoje uma de suas maiores prioridades. 

 

Google Chrome: vantagens e desvantagens

A seguir, você conhecerá vários pontos positivos e negativos sobre o Google Chrome. Confira:

Vantagens:

 

  • Integração com recursos do Google: um grande ponto positivo é que, por ter sido criado pelo próprio Google, o navegador integra-se muito bem com outros serviços da empresa, que também são muito usados. É só fazer o login na sua conta Google e pronto, terá acesso e poder de gerenciamento sobre todos os serviços, como Drive, Gmail, entre outros.

 

 

  • Rápido acesso: segundo alguns testes realizados pelo site Digital Trends, o Google Chrome é um dos navegadores mais rápidos que existem. Isso ocorre porque os códigos não são tão complexos, de forma que as páginas carregam com muito mais agilidade.

 

 

  • Design acessível: o design minimalista é excelente para usuários que se confundem com facilidade, pois ele só mostra os recursos usados com frequência.

 

 

Desvantagens:

 

  • Pouca opção de personalização: o layout do Chrome é considerado fixo, o que complica a vida de quem curte personalizar a interface para que ela se adeque a seu estilo de utilização.

 

 

  • Alto consumo de memória RAM: apesar de ser veloz, o Chrome consome muita memória RAM, principalmente se você deixa muitas abas abertas ao mesmo tempo. Com isso, o desempenho do seu computador pode ser prejudicado.

 

 

  • Problemas de privacidade: as práticas de armazenamento de pesquisa do Google são bem polêmicas. Basicamente, a empresa guarda os seus dados sincronizados e de pesquisa para usar de forma comercial no futuro.

 

Mozilla Firefox: vantagens e desvantagens

A seguir, você conhecerá vários pontos positivos e negativos sobre o Mozilla Firefox. Confira:

Vantagens:

 

  • Boa customização: diferentemente do Chrome, o layout do Firefox permite a personalização a partir de uma grande biblioteca de extensões.

 

 

  • Muita segurança: o Firefox sempre focou muito na segurança dos usuários. Ele possui internamente uma proteção que evita rastreadores e criptomineradores. Além disso, é possível baixar extensões que eliminam pop-ups e ads irritantes que aparecem pela tela.

 

 

  • Interface acessível: assim como o Chrome, o Firefox também chama atenção por deixar a navegação mais organizada e simples. 

 

 

Desvantagens:

 

  • Alto consumo de memória RAM: outro ponto em comum com o Chrome. Infelizmente, o Firefox tem o mesmo problema ao ser usado por muito tempo ou com muita intensidade. Felizmente, você pode fechar o navegador e abri-lo novamente de onde parou.

 

 

  • Problemas de compatibilidade: o Firefox pode não funcionar tão bem em todas as plataformas, especialmente em dispositivos móveis. Existem ainda alguns sites que não são compatíveis com o navegador, o que pode deixar as páginas defeituosas se forem abertas nele.

 

 

  • Navegador com lentidão: um dos principais problemas do Firefox é a demora que ele oferece ao carregar as páginas, principalmente se você tem muitas extensões instaladas.

 

Já sabe qual dos dois navegadores mais se encaixa com suas necessidades e seu estilo de vida? 

Lembre-se, se você quiser mais conteúdos informativos sobre tecnologia, cultura nerd, empreendedorismo e atualidades, fique de olho no blog da Coopersystem!

 

 

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://coopersystem.com.br/wp-content/uploads/2016/07/pexels-photo-24464-1.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 300px;}
es_ES
en_US pt_BR es_ES